A lua

Lua, tu és tão bonita

Que pequeno é o céu para tí
Teus raios iluminam a vida
Sua nobreza reluz aqui
Que pena ser eu
Apenas um súdito com amor
Pois se o poder fosse meu
Cobriria-a de esplendor
Maior que o véu que nos cobre
Menor que céu que te envolve
Com respeito ao Jorge que te guarda
E ansiedade pelo réu que te aguarda
Se tu não tivesses compromisso
Compraria um anel e acabava logo com isso
Como minha noiva te apresentaria
E feliz da vida eu viveria