Beijovem

Os jovens estão sempre a se beijar

Que angústia, não vêem a vida passar!
O fazem só para nos fazer pensar
A quanto tempo éramos jovens à sonhar

O tempo se foi com o vento
Mas continuamos a sonhar
A vida passou à contento
E nós paramos de beijar!

A borboleta não perde seu amor
Pois não se importa com a idade
Não deixa de beijar sua flor
E leva a vida com naturalidade

O que nos faz então
Em vez de beijar, reclamar?
Envelhecemos em vão??
Deixem os jovens se beijar!