Dez passos para transformar sua firma em uma empresa

Quem nunca sonhou em ser o dono de uma empresa líder de mercado? E mais, que sua empresa figurasse entre as melhores empresas pra se trabalhar? Isto não é uma tarefa fácil no país em que vivemos, porém, acredite, a maior barreira está em você mesmo!

Para ser grande tem que pensar grande. Para ser boa, sua empresa tem que fazer a lição de casa, e isso, com uma dose de doutrina é relativamente fácil. Mas tem que querer, você quer realmente? Está disposto a abrir mão de certos atalhos que você usa para se beneficiar?

1 - REVISE A CULTURA DE SUA EMPRESA

Ou melhor, revise sua cultura, a da empresa e os seus princípios. Uma cultura que deu certo há 20 anos dificilmente continuará dando certo hoje, por fatores muito simples: O mundo mudou, os profissionais mudaram, a política mudou. E você mudou (pelo menos deveria ter mudado). Adapte ao que as empresas líderes de mercado cultuam e colha os resultados das grandes. Na sua proporção, claro.

2 - TROQUE EMPREGADOS POR COLABORADORES

Você ainda tem "empregados"? Na sua fábrica ainda trabalham "peões"? Você ainda tem conceitos que funcionários  trabalham por dinheiro? Apague. Você já deu a oportunidade para que seus subordinados mostrem o que tem de potencial? Ou é daqueles que acreditam que a empresa só está viva porque você está a frente? Uma coisa é verdade, a empresa está como está (bem ou mal) graças a você e mais ninguém.

Forme um time de verdade e verá que os resultados serão otimizados. Quebre os paradigmas que tal funcionário já foi bom para a empresa. Colaboradores são bons sempre. Para a sua ou para a do seu concorrente. Depende se ele quer se dedicar realmente à sua empresa. Insistir é perda de tempo. E de dinheiro.

3 - CURSOS E APERFEIÇOAMENTOS = DESPESA?

É muito comum a confusão, principalmente nas chamadas FIRMAS. Hierarquia de forma piramidal, você no topo acaba sendo um pára raios. Cuidado, você pode morrer eletrocutado! O investimento certo em treinamentos, nos colaboradores certos, traz sim resultado. E muito. Agora, vale observar que o bom colaborador também investe em si.

Perca o medo do desconhecido, vá em frente, busque novas ferramentas, profissionais dispostos (e com conhecimento) a usá-las e entre no mágico mundo do fim do retrabalho. Mas faça você também os aperfeiçoamentos, senão corre o sério risco de ser a muralha da china entre o sucesso e seus colaboradores.

4 - PROCEDIMENTOS ÉTICOS

Você compra sem nota? Vende sem nota? Paga funcionários "por fora"? Desculpe, você não terá uma grande empresa. E não estou falando de lucro ou de vantagens. Estou falando daquelas empresas que fazem os recém formados sonharem em trabalhar. Estou falando daquelas empresas em que os colaboradores tem orgulho de dizer que trabalham. Porque sem ética nada que venha dela é digno de merecer respeito, seja de colaboradores, de clientes ou fornecedores...

5 - FEED BACK OU RETORNO, COMO PREFERIREM

Você deve sim satisfação dos rumos e atos de sua empresa (caso queira realmente sair do status de firma) aos colaboradores. Nada mais desmotivador que um colaborador propor ideias e não ter retorno sobre o assunto. Ele dificilmente o fará novamente. E tenha a certeza, mesmo as piores ideias podem se tornar úteis. Basta usar seu know-how. Não é a toa que você é empreendedor. Saiba apenas separar os assuntos estratégicos e confidenciais, que devem ser apenas revelados e debatidos com os envolvidos. Logo após a start do processo todos devem ter a certeza do caminho. Isto evita as famosas voltas em círculos, perda de foco e atrasos.

6 - DIVIDA AS RESPONSABILIDADE E OS RESULTADOS

Colaborador motivado rende mais. Mais motivação! Então quando for a hora de dividir os problemas, as estratégias, as responsabilidades, faça sem titubear. Assuntos certos em mãos certas trazem os melhores resultados. Porém divida também os frutos colhidos... Os elogios devem e têm de ser repassados, em grupo e individualmente. Não se furte de dizer com todas as letras o quão foi fundamental a participação do colaborador e sua parte no sucesso da empreitada. Com toda certeza no próximo projeto ele terá um aproveitamento ainda melhor...

7 - NÃO SE TRATA SÓ DE DINHEIRO, MAS...

Parta da premissa que todos trabalham, também, pelo dinheiro, correto? Se fosse diferente, não necessitaríamos pagar salários, os colaboradores viriam à nossa empresa por puro prazer de exercer uma profissão e sairiam felizes da vida, sem um tostão no bolso. Como não é assim (e nem deve ser em um mundo capitalista) lembre-se que sucesso profissional sem sucesso financeiro é o maior encorajador de novos desafios. Em outra empresa. A palavra é dividir. Como disse antes, divida os problemas, mas divida as alegrias também. E um colaborador que melhora de condição financeira tem mais qualidade de vida, familiar e profissional. Pense sempre nisso: O seu sucesso não é graças somente a você, portanto o resultado não pode ser apenas para você.

8 - SEJA TRANSPARENTE E VERDADEIRO

Caso sua firma ainda tenha na parede da sua sala (ou na sua mente) o velho bordão "faça o que eu mando, não faça o que eu faço" vou alertá-lo: O bom exemplo é, no mínimo, 50% mais eficaz que a ordem. Posturas dignas são copiadas. Todos se espelham em alguém, seja um cantor, um executivo, um pastor, um qualquer coisa. Mas ninguém se inspira em alguém que as palavras não condigam com os seus atos, e isto é um fato que não nos permite questionar. Pensamentos + Palavras = Atos, esta é a fórmula correta. Qualquer outra dá erro no resultado. Isto vale também para grupos de amigos, família, enfim, tudo.

9 - SEJA HUMILDE

Dinheiro foi feito para te dar uma boa qualidade de vida. Não para ser melhor que ninguém, tampouco para humilhar outras pessoas. Uma pessoa simples sem dinheiro é uma coisa comum de se ver, agora pessoas bem sucedidas, bem estudadas, inteligentes e humildes, essas sim, despertam as pessoas e as fazem querer fazer igual. E claro, boa educação e estudo devem te levar para esse caminho, senão não foram bons... Não vou citar nada sobre apologias, bullying, discriminação ou quaisquer outras mediocridades, pois acredito que essa parte, no mínimo, você já tenha aprendido. Se não aprendeu, pare de ler aqui mesmo, e digo ainda: NÃO leia nada mais que eu escrevo, pois você não saberia me entender. Eu posso te ajudar a entender várias coisas, mas caráter não se ensina e eu não faço milagres.

10 - FAÇA CARIDADE, NÃO FAÇA SHOW DE ENTRETENIMENTO

Ego é uma coisa difícil de lidar. Eu tenho um pensamento (que obviamente espelhei de um ídolo específico, sou cheio deles) que é melhor não fazer nada pelos outros à fazer para se mostrar. Ajude, faça sua parte, tenha em mente que isso é apenas um pouco do que conseguiu e está retribuindo a alguém menos favorecido. E deve ser feito em segredo. Caso você acredite em Deus como eu acredito, entenda que as oportunidades que Ele te deu geram a obrigação de fazer algo pelo seu semelhante. Mesmo que você não acredite Nele, lembre que o mundo dá voltas e uso uma frase de minha autoria para ilustrar este trecho:

A vida é simplesmente um círculo. Um círculo mágico, ora estamos por cima, ora estamos por baixo.

 

SUA EMPRESA NÃO VAI FIGURAR ENTRE AS GRANDES APÓS USAR ESTES DEZ TÓPICOS, MAS SERÁ UMA GRANDE EMPRESA E TE TRARÁ MUITO ORGULHO. E AOS SEUS COLABORADORES TAMBÉM... ISSO FAZ PARTE DE UM ALICERCE, O QUAL VOCÊ PODERÁ CONSTRUIR POR CIMA SEM MEDO.