Os pássaros

Livres para voar

Cores para nos encantar
Canto para nos alegrar
E nossa vida enfeitar
Tão singelos, não fazem mal a ninguém
Por que os homens os aprisionam, então?
Só cantam e voam, nada além
E prisão perpétua, que indignação!