Primavera

Chegando a estação mais bela de todas me ocorreu sobre regar flores...

O que acontece quando não regamos? Elas morrem...

Será que o mundo em que estamos vivendo é o mundo que sonhamos? E por quê?

O que você faz pelo seu irmão, pelo morador de rua, pelos mais necessitados?

E pelos idosos ou as crianças abandonadas? Pelo meio ambiente e os animais?

Assim é a vida, precisamos regar nossos jardins da amizade, do amor, do casamento, enfim todos os que queremos que cresçam e floresçam.

Assim como o fez a missionária Madre Tereza de Calcutá, regando seu jardim da caridade;

 

Assim como fez Martin Luther King, regando seu jardim de igualdade;

Assim como fez Mercedes Sosa, regando seu jardim de união dos povos;

Assim como fez Mahatma Gandhi, regando seu jardim de paz;

Assim como fez Nelson Mandela, regando seu jardim antirracismo;

Assim como fez Chico Mendes, regando seu jardim de preservação das florestas;

Assim como fez Rigoberta Menchú, regando seu jardim de direitos humanos e indígenas;

Assim como fez Malala Yousafzai, regando seu jardim dos direitos das mulheres;

Assim como fez Dalai Lama, regando seu jardim da compaixão;

Assim como fez Wangari Maathai, regando seu jardim humanitário;

Assim como fez Jesus Cristo, regando todos os nossos jardins...

 

E você, qual jardim (ou jardins) está regando?

 

Ulisses Andrade