Quem tem chefe é índio?

Índio tem chefe? Vejamos as traduções do professor Google:

Chefe: substantivo de dois gêneros

1.    1. Pessoa que se destaca pelas qualidades, competência, poder de decisão etc.

2.    2. Indivíduo investido de poder para ocupar lugar de mando.

Pajé: substantivo masculino

1.    1. etn B nas sociedades tribais ameríndias da família linguística tupi-guarani, indivíduo responsável pela condução do ritualismo mágico, e a quem se atribui a autoridade xamanística de invocar e controlar espíritos, o que confere à sua ação encantatória poderes oraculares, vaticinantes e curativos.

Nos deparamos no dia a dia com diversos chefes em nossas vidas, mas falando em vida empresarial a palavra Chefe, assim como seu significado acima, está ligada a poder. Mas esse poder tem trazido retorno? Como você tem chefiado a missão entregue para sua guarda pela empresa?

Se você ainda não está delegando funções, horizontalizando as decisões, treinando pessoas, analisando e destacando potenciais, dando os imprescindíveis feed-backs, formando novos líderes, enfim, se você não está levando toda a sua tribo rumo ao sucesso, acredito que você deva procurar uma nova tribo. Urgente!

As corporações tem dado cada vez mais espaço aos profissionais que não tem medo de formar sucessores. Sucessores bem treinados, focados, novos líderes... Os verdadeiros Chefes, aqueles que eu defino como Pajés. Aqueles Pajés que sabem que para o bem da continuidade é racional formar novos Pajés.

Todos, em algum momento de nossas carreiras, já nos deparamos com chefes que não tomam decisão por medo de se expor, que tornam pessoas menos capacitadas em seus braços direitos (por medo de perder sua posição), chefes que não conseguem argumentos para convencer e acabam impondo o que querem (e que em muitas ocasiões nem é o melhor para a empresa!)...

Chefe, seja mais ousado. Quebre paradigmas e saia da zona de conforto. Lembre-se que alguém muito bom abaixo de você fará com que você não esqueça de se atualizar. E isso será o melhor que pode acontecer a você!

As empresas querem o diferencial. Quem sabe você se encontre mais delegando mais e perdendo esse medo de perder. Seja Pajé!